Letra da Música

EU ENTENDO A NOITE COMO UM OCEANO
QUE BANHA DE SOMBRAS UM MUNDO DE SOL
AURORA QUE LUTA POR UM ARREBOL
DE CORES VIBRANTES E AR SOBERANO
UM OLHO QUE MIRA NUNCA O ENGANO
DURANTE O INSTANTE QUE VOU CONTEMPLAR
ALÉM, MUITO ALÉM ONDE QUERO CHEGAR
CAINDO A NOITE ME LANÇO DO MUNDO
ALÉM DO LIMITE DO VALE PROFUNDO
QUE SEMPRE COMEÇA NA BEIRA DO MAR
É NA BEIRA DO MAR...

OI! POR DENTRO DAS ÁGUAS HÁ QUADROS E SONHOS
E COISAS QUE SONHAM O MUNDO DOS VIVOS
HÁ PEIXES MILAGROSOS, INSETOS NOCIVOS
PAISAGENS ABERTAS, DESERTOS MEDONHOS
LEGUAS CANSATIVAS, CAMINHOS TRISTONHOS
QUE FAZEM O HOMEM SE DESENGANAR
HÁ PEIXES QUE LUTAM PARA SE SALVAR
DAQUELES QUE CAÇAM NO MAR REVOLTOSO
E OUTROS QUE DEVORAM COM GÊNIO ASSOMBROSO
AS VIDAS QUE CAEM NA BEIRA DO MAR
É NA BEIRA DO MAR...

E ATÉ QUE A MORTE EU SINTA CHEGANDO
PROSSIGO CANTANDO BEIJANDO O ESPAÇO
ALÉM DO CABELO QUE DESEMBARAÇO
INVOCO AS ÁGUAS A VIR INUNDANDO
PESSOAS E COISAS QUE VÃO ARRASTANDO
DO MEU PENSAMENTO JÁ PODEM LAVAR
NO PEIXE DE ASAS EU QUERO VOAR
SAIR DO OCEANO DE TEZ POLUÍDA
CANTAR O GALOPE FECHANDOA FERIDA
QUE SÓ CICATRIZA NA BEIRA DO MAR
É NA BEIRA DO MAR...TCHÊ!...
NA BEIRA DO MAR 
NA BEIRA DO MAR IÊ BOI ÊH BOI...
OH! NA BEIRA DO MAR....