Letra da Música

Edgar de lábios finos e mãos delicadas
Escreve nas próprias roupas seus versos
Com medo de que a memória lhe falhe
Transpõe para o papel os que melhor lhe cabem
Não olha para qualquer direção
ou qualquer um que ao seu lado passe.