Letra da Música

Eu tenho um cavaquinho camarada
É ele que harmoniza a batucada
Eu tenho um cavaquinho companheiro
Irmão do tamborim e do pandeiro
Eu tenho um cavaquinho muito amigo
Que diz tudo que eu não digo
Toda vez que eu vou tocar
E sempre quando eu toco no seu braço
Eu me sinto num abraço
Que eu não sei explicar
E quando a lua é triste e a noite é morta
Um vazio bate à porta vem me encher de solidão
E nessas horas quando a vida é fria
Eu me escondo na poesia e por trás de um violão
Mas quando o amor me mata de tristeza
Eu me sento nessa mesa, só aqui que eu sei morrer
No compasso delirante de um chorinho
Só você meu cavaquinho que é capaz de me entender