Letra da Música

Seu Francisco, brasileiro, mineiro que de tão poderoso alguns dizem que é são
Seu Francisco, gigantesco retirante, retirando-se na contra-mão
Seu Francisco, herói sertanejo, mais corajoso do que lampião
Que migra pra quentura do nordeste até quando a Asa Branca bateu asas do sertão

Enquanto sobre, seu Francisco cruza com um rio de gente indo noutra direção
Um rio de gente fugindo do pesadelo indo encontrar a ilusão
E o seu Francisco, triste, corre desaguar o choro no azul da imensidão
E o seu Francisco, arisco, vai dizer que é só um cisco que caiu no coração.